Pavimento de concreto no exterior. Crédito: Grand Warszawski/iStock

Por que o pavimento de concreto conquistou os Estados Unidos?

Compartilhe

Uma das opções de pavimentação mais predominantes nas vias norte-americanas, o concreto ganhou espaço ao comprovar as suas vantagens ao longo das últimas décadas. Entenda.

Em 1891, uma rua de Bellefontaine, em Ohio, nos Estados Unidos, entrou para a história da engenharia mundial. Com cerca de 2,5 metros de largura, uma faixa dessa via foi o primeiro espaço do país a receber a pavimentação de concreto — em experiência idealizada por George Bartholomew. Com aprovação do conselho municipal, o inventor executou o projeto-piloto que se mostrou um sucesso. Tanto que depois de apenas dois anos, ele teve autorização para ampliar a iniciativa e aplicou a novidade nas ruas ao redor do tribunal da cidade.

Considerada revolucionária, a técnica rendeu para Bartholomew um prêmio pelos avanços tecnológicos em materiais de pavimentação durante a World’s Columbian Exposition de 1893. Desde então, o uso do concreto nesse tipo de sistema tem evoluído constantemente e se transformou em uma das opções predominantes nas vias norte-americanas.

Segundo o National Concrete Overlay Explorer — banco com dados históricos sobre o pavimento de concreto em 46 estados —, foram executados 1.289 projetos entre 1910 e 2017. Já o National Concrete Pavement Technology Center mostra que grande parte das obras está no Iowa, com 595 vias em concreto. Na sequência, aparecem Minnesota (225) e Illinois (131).

Um século de avanços

Do experimento de Bartholomew até a atualidade, a pavimentação de concreto percorreu um longo caminho de aperfeiçoamentos. Em 1916, por exemplo, existiam cerca de 10 mil veículos nos Estados Unidos – com a maioria deles trafegando sobre vias sem acabamento. Em algumas dessas estradas foram construídas faixas de três metros de largura em concreto. A ideia era que os motoristas conhecessem o sistema e entendessem, na prática, os benefícios desse tipo de pavimentação.

Um novo marco acontece em 1956, quando o então presidente Dwight Eisenhower sancionou o projeto de lei da Interstate Highway System. Com 66 mil km de vias, a rede de estradas interliga os Estados Unidos de costa a costa, sendo que mais de 50% da pavimentação foi executada em concreto. A construção de grande parte das pistas se concentrou nas décadas de 1960 e 1970, mas a finalização de todas as vias originalmente previstas ocorreu nos anos 1990.

O Interstate Highway System também levou à criação do AASHO Road Test, experimentos realizados pela American Association of State Highway and Transportation Officials, com o objetivo de estudar o comportamento de pavimentos sob cargas móveis de frequência e magnitude conhecidas. Além disso, as obras estimularam novas pesquisas e avanços em relação ao sistema em concreto, que passou a contar com melhores projetos e insumos.

Em pouco mais de 130 anos, o estudo sobre esse tipo de pavimento nunca cessou nos Estados Unidos. Trabalhos que proporcionaram melhor entendimento sobre o comportamento do sistema, criação de testes, aprimoramentos na mistura do concreto, entre outras evoluções.

Vantagens do pavimento de concreto

O pavimento de concreto atualmente está na vanguarda da qualidade e do desempenho. As diversas experiências das agências rodoviárias dos Estados Unidos com a solução comprovam que essa é uma alternativa extremamente robusta e capaz de preservar os ativos de pavimentação do país. Os atuais sistemas suportam, por exemplo, o pouso de aeronaves.

Além disso, o pavimento de concreto se destaca pela possibilidade de atender aos diversos tipos de tráfego — de vias urbanas a grandes estradas. Já no campo econômico, concreto e asfalto têm custo semelhante nos Estados Unidos. Entretanto, o primeiro leva vantagem por permitir a execução do pavimento com camadas inferiores (base e sub-base) menos espessas..

A diminuição na necessidade de manutenções também é um diferencial, com o pavimento de concreto sendo projetado para ter vida útil de duas décadas (o dobro do asfalto).

Resiliência e sustentabilidade

A sustentabilidade é outro tópico em alta e que atualmente impulsiona o desenvolvimento do pavimento de concreto nos Estados Unidos. Nesse campo, o sistema se destaca, por exemplo, por aumentar a eficiência no consumo de combustível e mitigar os efeitos das ilhas de calor.

Exemplos práticos

Procurando no mapa dos Estados Unidos, não é difícil localizar projetos com pavimento de concreto. É o caso de parte da antiga U.S. Route 20, que tem em torno de 5,4 mil km e liga o litoral de Oregon, na costa oeste, à Massachusetts, na costa leste. Atualmente com nível reduzido de tráfego, já que parte do trânsito foi transferido para a nova U.S. 20, a estrada ainda é importante para muitas cidades, como Moville, no Iowa. Nessa região, um trecho da via se destaca por ter sido construído em concreto no ano de 1922. Com cerca de 20 cm de espessura e sem juntas de dilatação (típico para a época), o sistema demandou pouquíssimas manutenções ao longo de mais de 100 anos e até hoje continua a ser uma pista confiável.

Outro exemplo de durabilidade é a Interstate 70, que no Colorado tem um trecho em concreto construído em 1976. Com cerca de 17 km, essa faixa da estrada precisou de raras intervenções durante 46 anos — mesmo considerando que a cidade de Rifle, localizada próxima do trecho em concreto, aumentou a sua população em cinco vezes e, por consequência, a expectativa de tráfego na pista duplicou.

A solução em concreto também tem se mostrado alternativa para manutenção de pistas inicialmente executadas com asfalto. A US-69, no condado de Pittsburg, Oklahoma, tinha um trecho que sofria com problemas de estabilidade. Para resolver a situação, em 2001 foi executada sobre o asfalto uma cobertura de concreto com espessuras de 10 cm e 15 cm.

Na região de Riviera Beach, na Flórida, os moradores tinham problemas com inundações frequentes por conta da localização do bairro. Devido aos danos constantes, as vias do local foram reconstruídas com pavimento de concreto e inclinação de 2%. A escolha pela solução teve como base estudos que mostraram que o concreto seria a opção de melhor desempenho ao longo do tempo. Durante a execução do projeto, outros sistemas de drenagem foram construídos para melhorar o escoamento. Após as ruas ficarem prontas, a expectativa é que novos reparos não aconteçam pelos próximos 15 anos (mesmo com as condições adversas).

Crédito da imagem: Grand Warszawski/iStock

Quer entender mais sobre os benefícios do pavimento de concreto? Confira na matéria xxxx.

Aproveite e fique por dentro do universo de Pavimento de Concreto em nossa página no Linkedin

Home

Artigo

Vantagens

Sobre

Contato